Gramática da comunicação

Denominação Estratégia ECTS
Gramática da Comunicação Teórica; Teórica/prática e prática laboratorial 3
Área científica: Ciências Complementares
Objectivos de aprendizagem:

Conhecimento e capacidade de compreensão sobre as fases e características específicas da metodologia científica.
Aplicação dos conhecimentos e compreensão na elaboração de um trabalho científico.
Capacidade de recolher, selecionar e interpretar informação relevante, de forma a produzir um trabalho científico.
Competência para comunicar de forma escrita / oral de modo estruturado, organizado e abrangente a vários a públicos.
Competências de autoaprendizagem, especificamente na recolha e tratamento da informação.

Síntese programática:

Metodologia do trabalho científico. Plágio académico. Leitura – Tipos de leitura; recolha e tratamento de informações. Produção escrita – As fases da composição: invenção, disposição, elocução. Comunicação oral. 

Competências específicas adquiridas:

Ser capaz de:

– Utilizar a terminologia e os métodos específicos subjacentes ao tratamento científico da informação;

– Usar os instrumentos disponíveis na recolha e tratamento da informação e na planificação de trabalhos;

– Usar técnicas que visam a optimização da produção e recepção verbal, oral e escrita.

– Operacionalizar o potencial do computador pessoal, e dos programas que tem disponíveis, tirando assim, maior partido da tecnologia disponíveis. 

Referências bibliográficas:

[1] Azevedo, C. A. M. e Azevedo A. G. (1998). Metodologia científica. Porto, Ed. C. Azevedo.

[2] Bizarro, R. e Figueiredo, O. (1994). Da Palavra ao Texto. Porto, Edições ASA.

[3] Cunha, C. e Cintra, L. F. L. (1987). Nova Gramática do Português Contemporâneo. Lisboa, Edições João Sá da Costa.

[4] Eco, U. (1988). Como se faz uma tese em ciências humanas. Lisboa, Presença.

[5] Lipson, C. (2008). Doing honest work in college. Chicago, The University of Chicago Press.

[6] Lopes, E. J. M. (2016). “Plágio”. In Dicionário Crime, Justiça e Sociedade. Lisboa: Sílabo: 362-364.

[7] Rego, A. (1999). Comunicação nas organizações. Lisboa, Edições Sílabo.

[8] Rei, J. E. (1994). A Escrita – seu aperfeiçoamento na Universidade. Porto, Porto Editora.

[9] Universidade Fernando Pessoa. Manual de elaboração de trabalhos científicos. [Em linha]. Disponível em http://www.ufp.pt/images/stories/Aurea/Manual%20Estilo
%20Elabora%C3%A7%C3% A3o%20trabalhos%20cient%C3%ADficos.pdf